Mini jardim pequeno

2015-01-14-mini-jardim-01a

Encontrei um vaso de barro para bonsai, que acho um dos melhores para fazer mini jardins. Esse era pequeno, o que limitava bastante o espaço para plantas e miniaturas. A encomenda requeria especificamente que houvesse miniaturas – a pessoa a ser presenteada têm até coleção delas. Por isso, decidi reduzir a quantidade de plantas para que as miniaturas fossem o foco e pudessem aparecer bem.

Desta vez, ao fazer a cerquinha, cortei menos os palitos para que tivessem maior profundidade e fincassem melhor na terra. Também procurei algumas pequenas flores secas para colocar no carrinho de mão, e deixei as sementinhas para encher o baldinho.

Eu já havia testado em vasos abertos usar a lágrima de bebê com as suculentas e tinha funcionado bem. Como os vasos de barro absorvem mais a água, inevitavelmente é necessário regar mais vezes, o que favorece a lágrima de bebê. Rego bem em cima dela, e deixo que a umidade se espalhe pela terra até as suculentas.

O mini jardim ficou simples, mas muito gracioso. Chamou a atenção pela simplicidade e delicadeza. 2015-01-14-mini-jardim-02

Vaso: bonsai pequeno de barro Base: argila expandida + pedrisco médio + substrato

Plantas: dois tipos de suculentas + lágrima de bebê

Acabamento: pedriscos bege e branco + cerquinha de madeira (feita de palitos de sorvete)

Miniaturas de cobre: carrinho de mão (com flores secas) + regador (com areia azul) + baldinho (com sementinhas)

Anúncios

7 comentários sobre “Mini jardim pequeno

  1. Olá ! gostei muito do seu site pois trata exatamente sobre o que estou amando fazer, que é terrarios.
    Espero ansiosa ler e ver mais de suas criações.

    • Olá, Magda. Fico feliz que tenha gostado. Infelizmente não tenho como enviar. Mas algumas lojas tipo “Garden Center” aceitam encomendas de terrários ou vasos semelhantes. Outra opção é fazer com suculentas artificiais (sei que não é a mesma coisa, mas é uma possibilidade). Espero que encontre o que está procurando.

  2. Oi.. fiz pra mim e algumas pessoas gostaram e fizeram encomendas… Pois bem quanto eu devo cobrar por um trabalho como este?? Não tenho noção, pois fazia pra mim… Obrigada

    • Oi, Claudia. Para cobrar meus arranjos, calculo o preço gasto com os materiais (vaso, pedras, substrato, plantas, enfeites…), estimo um valor para gasolina, estacionamento e tempo gasto fazendo as compras, e depois adiciono o valor da mão de obra – este último é o mais subjetivo e é muito pessoal. Como meu maior objetivo sempre foi terapêutico (faço como uma terapia pra mim), o que mais tomo cuidado é para não “levar prejuízo” (gasto geral com materiais) – o que inclui valorizar meu trabalho (mão de obra), já que fazer um arranjo consome um bom tempo (e, claro, há o valor da criatividade, né ?! ;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s