Como cuidar de um terrário de suculentas

Para um terrário de suculentas durar bonito por meses não é necessário muito cuidado – mas necessita de CUIDADO ADEQUADO.

A maioria de meus terrários / mini-jardins de suculentas não estão sob meus cuidados. Foram presentes ou encomendas que estão enfeitando a casa de outras pessoas. Como a maioria dos vasos de plantas requer regas frequentes e abundantes, muitas pessoas tendem a fazer o mesmo com o terrário de suculentas – o que é uma péssima ideia.

Terrários são lindos, parecem com vasos, mas não são iguais a vasos – a finalidade de ambos é a mesma: ornamentar. Mas, diferente dos vasos, os terrários não possibilitam a drenagem da água (por baixo – eles não têm furos) e nem favorecem sua evaporação (por cima – eles são mais fechados). Por isso, a água que colocamos permanece dentro dele BEM MAIS TEMPO (observe as gotículas de água dentro do copo na foto abaixo – eu havia feito a rega há mais de uma semana!).

20140731-01

As suculentas são plantas típicas de regiões áridas, onde há pouca água. Muitas são plantas de deserto. Isso significa que ambientes muito úmidos e terra muito molhada não são adequados para o desenvolvimento delas. Se ficarem expostas ao excesso de umidade APODRECEM E MORREM! Outro fato é que são plantas que gostam e precisam de sol para se manterem saudáveis e felizes.

Explicações básicas dadas, vamos aos CUIDADOS ADEQUADOS para você preservar seu terrário de suculentas lindo por meses:

1) Cuidados com a iluminação

  • Coloque seu terrário junto a uma janela ensolarada. Preferencialmente recebendo luz direta.
  • Se o seu local preferido é uma mesinha no centro ou no canto da sala, onde há pouca luz, não há problema, desde que você coloque o terrário para tomar sol de vez em quando. Você pode alternar: 15 dias no local favorito, 7 dias no sol; ou uma semana na sombra e outra semana no sol, por exemplo. O importante é ficar de olho na saúde das plantas.

20140820-06-iluminacao-terrario-suculentas

2) Dicas para a saúde das suculentas

  • Se suas suculentas estiverem meio murchas, tipo desidratadas (o que é raro para suculentas), então precisam de água – mas não de muita água! Um pouquinho é suficiente para que fiquem hidratas por muitos dias.
  • Se suas suculentas estiverem menos viçosas, meio sem brilho, então precisam de sol.  O mesmo se estiverem estiolando (ficando “esticadas”, crescendo meio tortas e com grande espaçamento entre as folhas) – dê mais sol para elas!

3) Cuidados com as regas

  • Regue seu terrário de suculentas apenas quando estiver bem seco. Vou repetir: só quando estiver BEM SECO! Lembre-se, suculentas são plantas de deserto – por isso, gostam de terra seca. Então não se preocupe em deixar o solo úmido, porque ELAS NÃO GOSTAM e vão morrer.
  • Para regar seu terrário, use uma seringa, um conta gotas, ou um recipiente de bico dosador (como aqueles para catchup). O importante é que você consiga controlar a quantidade de água para colocar BEM POUCA.
  • Não regue até encharcar toda a terra (pelo contrário!). Lembre-se que o ambiente do terrário vai preservar a umidade por muitos dias.
  • Se você mora numa região de clima ameno, entre 15 e 25 graus, regue seu terrário a cada 15 dias. Se mora numa região mais quente, entre 25 e 35 graus, pode regar uma vez por semana. Lembre-se: REGUE POUCO.
  • Na dúvida, mantenha seu terrário com menos água. Se não se lembra quando foi a última vez que o regou, espere mais dois ou três dias – daí prossiga com a rega. No caso de suculentas, menos água é mais saúde! (e muita água é a morte – rsrs)

20140820-05-como-regar-terrario-suculentas

4) Cuidados com a limpeza do terrário

Um terrário de suculentas pode durar muitos meses. Por mais óbvio que pareça, lembre-se: AS PLANTAS ESTÃO VIVAS! Elas vão crescer, se alastrar, perder folhas, etc. Por isso, vez por outra, você precisará fazer uma limpeza em seu terrário.

  • Use uma pinça para tirar as folhas secas e mortas.
  • Se for necessário fazer uma “poda” em alguma planta que cresceu demais, utilize uma tesoura ou faca limpa (pode limpar com álcool). Ferramentas de corte sujas podem contaminar as plantas com fungos e bactérias.
  • Se alguma planta morrer, tire-a o quanto antes. Por causa da umidade do terrário, as plantas mortas tornam-se excelente fonte de alimento para bolores e fungos. E eles poderão se espalhar rapidamente, causando a morte de todas as plantas.

Bom, acho que com tantos detalhes e explicações, ficou parecendo difícil cuidar de um terrário de suculentas – mas não é! Resumindo:

1) Regue pouco – muito pouco!

2) Coloque-o para tomar sol – muito sol.

3) Mantenha o terrário limpo.

Anúncios

42 comentários sobre “Como cuidar de um terrário de suculentas

  1. Obrigada pelas dicas !!! Completíssimo este guia que você fez… Eu comecei a fazer terrários a poucos meses, e a maioria morreram !!! Mas agora eu vi que foi devido a água, moro no MS e aqui faz muito calor, fiquei com medo do calor e dava muita água, e outra, pouco sol ( porque vi em outro guia de terrários que tinha que ser pouco sol ). Muito obrigada, e continue fazendo um bom trabalho.

    • Obrigada, Keyla. Só lembrando que quem gosta do sol são as suculentas (e cactos). Se forem essas as plantas que você está usando em seus terrários, umas 3 horas de sol vai ajudar bastante. Mesmo assim, confesso que as vezes uma ou outra planta acaba morrendo. Em compensação, outras crescem e “tomam conta” do espaço da que se foi. Espero que agora seus terrários durem mais. Boa sorte! Ana Lídia.

      • Olá, Miriam. Os preços dos vasos e das plantas variam dependendo de onde você mora. Na minha cidade, os melhores preços que consigo em mini-suculentas ficam por volta dos $3,00 (a unidade). As médias já sobem pra $5,00 a $8,00. Mas sei que os preços variam bastante dependendo da região do país. Boa sorte!

  2. Cidinha Andrade
    05 de agosto de 2015 às 14:45
    Parabéns pela instrução, minha filha fez o primeiro terrário, que será o primeiro de muitos tenho certeza, e com suas dicas ficou muito mais fácil…Bom trabalho, sucesso e obrigada….

    • Olá, Sheila. Bom, acho que há duas situações básicas a se considerar. Há suculentas cuja natureza é ficar alta, ou seja, se você adquiriu uma mudinha pequena, com o tempo ela ficará alta simplesmente porque foi crescendo. Neste caso, dependendo do tipo de suculenta, você pode experimentar podar (há algumas que toleram a poda, outras não). A outra possibilidade é que sua suculenta não esteja tomando a quantidade de sol suficiente que precisa, por isso ela se “estica” atrás de mais sol – isso se chama “estiolar”. Neste caso, você precisa colocar o vaso num lugar onde ela tome mais tempo de sol. Isso é bem comum nas suculentas.

  3. Olá!
    Comecei a fazer minijardins de plantas suculentas e cactos para vender, e num dos minijardins que fiz teve uma suculenta que foi murchando e morreu.. apodreceu. Mas junto com ela havia cactos e outras suculentas que estão bem. Não entendi, pois eu a deixava no sol, não regava com frequência da mesma forma que vocês recomendaram aqui, e só uma que morreu. Então andei lendo a respeito, e tem algumas que não gostam de luz direta do sol. Agora fiquei toda insegura, pois estou vendendo bem, e não quero que nenhuma cliente passe por isso assim tão precocemente. Me ajudem! conhecem algum livro ou site que mostre as espécies e seus hábitos? Outra dúvida é se misturar metade de terra e metade de areia é o suficiente para o plantio, ou se preciso colocar mais alguma coisa. Obrigada desde já!

    • Olá, Gisele. Toda planta, ao ser transplantada, pode não se adaptar e morrer. É natural. Não acontece só com suculentas. Quem adquire uma planta (ou um vaso, ou minijardim) precisa entender que a planta é um ser vivo e há riscos de morrer. Não há como garantir a sobrevivência duradoura de uma planta. Mas também é verdade que os diferentes tipos de suculentas têm necessidades diferentes de sol e água. Também tentei encontrar algum site que falasse das peculiaridades de cada tipo de suculenta mas ainda não encontrei (só em inglês). Sobre a terra para o plantio, eu prefiro usar substrato do que misturar terra e areia. Achei que as suculentas ficaram bem mais felizes assim. Compro um substrato bem arejado e não coloco nada nem de terra nem de areia. Espero ter ajudado.

  4. Olá,
    Primeiramente estás de parabéns pela página, estou adorando suas dicas e os modelos dos mini jardins e terrários. Adoro plantas e agora estou começando a comercializar os terrários, e estava lendo essa matéria e gostaria de saber quantas gotas você costuma colocar nas plantinhas, pois gostaria de passar essa informação para as clientes. E também costumo misturar a terra com areia, no caso você utiliza o substrato e qual seria para as suculentas?

    • Olá, Marly. Não tenho um número de gotas por suculenta. Apenas uso o conta gotas para garantir que não caia água demais de uma vez. O importante é não colocar água demais e deixar a terra ficar bem seca (não regar todos os dias) antes de regar de novo. Para ter uma ideia, a maioria das suculentas pode ser regada apenas uma vez por semana (se o tempo estiver muito úmido, até menos). O substrato que uso para as suculentas é bem arejado, para plantio de vasos. Compro pronto em lojas para plantas. Tem dado mais certo que a mistura terra + areia. Espero ter ajudado. Ana Lídia

      • Bom dia! Tem alguma especificação ou alguma marca que nos indique? Eu sempre compro terra adubada por que onde compro me dizem que é substrato, mas não sei se está sendo muito bom, estou preocupada…

  5. Eu uso o da Biomix. Quando você pega, percebe que é bem arejado, flui entre os dedos, tem partes mais grossas e pedacinhos de madeira (ou gravetinhos), tudo misturado. Ele não fica compactado.

  6. Nossa…amei, e também cultivo na minha varanda em apartamento e percebi que algumas estão morrendo devido eu ter transplantado. Eu usei terra + esterco de gado, será que foi isso? outra pergunta: quando uso terrário, a água não tem que escorrer e como ela escorre em vaso de vidro?
    obrigada

    • Oi, Carla. A terra para plantio de suculentas precisa ser bem arejada. O esterco de gado não prejudica, mas se a terra compactar, a suculenta não vai crescer feliz. Por isso precisa misturar terra com areia ou usar o substrato para plantio de vasos. No caso de terrários, exatamente porque eles não têm buraco no fundo para escorrer o excesso de água, precisa colocar pedriscos embaixo e regar bem pouco (usar seringa ou conta gotas, por exemplo). Veja mais detalhes sobre rega de terrários de suculentas no item 3 deste artigo. Espero ter ajudado.

  7. Olá, as suas dicas são espectaculares só à uma coisa que eu não consigo entender e me dá uma trabalheira enorme ao meter as areias de cores variadas como é que faz para as areias ficarem só em volta e não no centro, pois cá em Portugal as areias são caras e tento por só em volta do vaso de vidro. Obrigada por todas as suas ajudas.

    • Olá, Fátima. Para economizar as areias coloridas, vou colocando-as lentamente nas bordas e preenchendo aos poucos o meio com pedriscos. A cada camada de areia nas bordas preencho o meio com pedriscos, e assim vou subindo lentamente. Tem que ter paciência e fazer com calma. Algumas vezes vezes fiz moldes circulares com uma tira de plástico duro e bem liso para limitar a areia para fora e os pedriscos para dentro. Mas confesso que teve vezes que ao tirar a tira plástica tudo ruiu. Outras vezes deu certo. Então, acho que não é um método super confiável e sugiro que experimente minha primeira sugestão primeiro. Espero ter ajudado.

  8. Olá! Parabéns pela página! As informações são claras e valiosas. Tenho uma jardineira na janela do meu trabalho e plantamos suculentas nela… as suculentas cresceram muito e algumas deram mudas! Fico sem saber se arranco essas plantas grandes e replanto mudinhas… é assim mesmo? O jardim com as suculentas grandes parece esteticamente prejudicado… por outro lado, tenho dó de me desfazer delas! Se puder me aconselhar… obrigada!!

    • Olá, Carina. Quando o ambiente favorece, as suculentas crescem muito mesmo. Todo “jardim” (jardineira, caso, terrário) necessita de cuidados, o que inclui o desbaste e a poda. Se há plantas grandes demais, não receie em extraí-las gentilmente e deixar as mudas se desenvolverem no lugar. Logo as mudinhas estarão grandes e viçosas (e em algum tempo você precisará reorganizar sua jardineira novamente!). Minha sugestão: se tem dó de se desfazer das suculentas que estão muito grandes, plante-as num vaso maior. Se não couber em sua casa, presenteie alguém. Eu plantei umas suculentas que estavam grandes demais para fazer terrários num vaso grande e velho de barro que eu tinha, e deixei-as a vontade para crescer. O vaso ficou maravilhoso! Pena que me mudei e não consegui tirar uma foto para colocar aqui no blog. Também dei vasos de presente para pessoas que moram em casas e elas amaram.

  9. Oi, eu tenho um mini cacto que reguei demais e estava atrás de um vidro não recebendo sol, quero saber o porque não está mais molinho e as folhinhas estão encolhendo após eu parar de regar e por no sol.

    • Olá, Patrícia. Não sou especialista em cactos, mas por experiência diria que há duas possibilidades principais: 1) As raízes do seu cacto apodreceram por excesso de rega e logo ele todo vai morrer; 2) ele precisa de um tempo para se refazer e aprumar de novo. Continue deixando o cacto por algumas horas no sol todos os dias, e coloque pouca água no máximo uma vez por semana (pode ser a cada 10 ou 15 dias). Daí o jeito é aguardar e ver como ele reage. Espero que tudo dê certo.

  10. Olá, boa noite!
    Em um vazo grande plantei uma Ráfia e nas extremidades dele aproveitei para colocar algumas suculentas!

    Moro em Ribeirão Preto e aqui é muito quente!

    Como acha que devo aguar este vazo?
    Desde já muito obrigado :)

    • Olá, João. A ráfia também é uma planta que necessita de pouca rega, como as suculentas. Se estiver plantada dentro de casa, pode regar apenas uma vez por semana. Se estiver do lado de fora, no sol, vai precisar de rega a cada três dias, mais ou menos. Não precisa exagerar na quantidade de água. Apenas mantenha a regularidade. Evite deixar no sol escaldante. Sol apenas por metade do dia, no máximo. Espero que seu vaso cresça feliz.

    • Oi, Kamila. Se suas suculentas estão felizes na terra, deixe-as assim. Só é bom adubá-las de vez em quando (adubo 10-10-10) – uma vez por mês, no máximo. Mas se acha que elas não estão vistosas ou que apodrecem facilmente, então é melhor transplantá-las para o substrato. Ele costuma oferecer melhor drenagem que a terra comum.

  11. Olá. Sou do Rio Grande do Sul e estou começando a criar terrários e mini mundos para comercializar. Mas não sei como resolver a questão do transporte, pois uso pedrinhas e várias miniaturas que se deslocam dentro do vaso a medida q o vaso é movimentado. Pode me ajudar? Obrigada

  12. Eu colocava o meu terrário no sol pelo menos duas vezes por semana . Muitas plantinhas morreram. Aí li que não se deve fazer isso, pq o vidro funciona como lente e “cozinha” as plantas. Aí coloquei no aparador onde recebe luz, mas não sol direto e elas ficaram bem!

    • Olá. É provável que sua suculenta esteja tomando sol muito forte ou por muito tempo. Tente mudar o vaso de posição para que ela tome sol em horários de sol mais fraco ou por menos período. Espero que ajude.

    • Oi, Eva. Sim, pode borrifar, mas tente evitar que as gotas caiam nas folhas das suculentas. Dependendo da suculenta, a água pode “cozinhar” a folha. Ou seja, tente borrifar o mais próximo do solo possível, ok?!

  13. Olá, boa noite ! Fui a um casamento ontem e, como lembrança, recebi dois copinhos (desses de beber cerveja em botequim) cada um com uma suculenta diferente, e, como não sei nada de plantas, fui pesquisar na internet e acabei descobrindo esse site onde vc mostra e conversa sobre esse trabalho maravilhoso! Já virei fã!

    Nao queria que as plantinhas morressem, e, quando descobri esse mundo dos terrários, fiquei com muita vontade de fazer o meu, entretanto, ainda tenho várias dúvidas:

    1- vi que vc cultiva suas próprias mudinhas, mas, como só tenho duas, precisarei comprar outras para compor o meu terrário. Mas fiquei com a impressão de que existem suculentas de todos os tamanhos, ao comprá-las, devo solicitar mudas de suculentas miniaturas, ou não existe isso?

    2- li que vc usa o substrato da biomix, mas, ao navegar pelo site da empresa, vi que eles possuem oito tipos de substratos diferentes. Você poderia especificar qual?

    3- existe uma distância mínima que uma plantinha deve ficar da outra?

    4- o uso da casca de pinus necessita de mais cuidado, ou ele pode ser usado tranquilamente?

    Acho que é isso, desculpa ser tao chato e te encher de perguntas, mas seus terrários são tao bonitos e vc sempre demonstra tanta simpatia nas respostas que resolvi arriscar. Desde já, muito obrigado!!

    Abs!!

    • Olá, Bernardo. Muito bom ouvir sua empolgação! Suculentas são mesmo apaixonantes… Vamos às suas dúvidas:
      1) Existem, sim, suculentas de vários tamanhos. Em lojas que tenham setor tipo “garden center” costuma ser fácil encontrá-las. O melhor são as pequenas, ainda “bebês”, tanto para fazer arranjos em vasos e terrários como para que durem mais. Muitas delas com o tempo podem ficar realmente grandes! Há lugares que vendem cactos e outros tipos de suculentas em vasos bem pequenos, do tamanho de um copinho de café. Eu costumo comprar desses.
      2) Substrato para jardim da Biomix.
      3) Não. Já plantei bem pertinho mesmo. Dá um efeito super bonito no primeiro mês, mas a medida que as plantas crescem começam a “concorrer” pelo espaço. Então, se vai fazer algo para presente, pode deixar bem juntinho que dá um impacto bonito e, comparado com um buquê, dura bem mais. Mas se quer que o arranjo dure uns três meses pelo menos, dê mais espaço entre elas. E não deixe de aparar os excessos e as folhas mortas! (Obs. Mesmo assim elas irão crescer e “bagunçar” a ideia original do arranjo – boa desculpa para desmontar o vaso, fazer mudas, e começar outro, não é?! ;)
      4) Nunca tive problemas com o uso da casca de pinus. Só que eu não faria toda a camada superior com ela por receio que interfira na absorção da rega ou na evaporação da água (não pode haver retenção também).
      Espero ter ajudado. Divirta-se com suas suculentas!

  14. Olá! Faz algum tempo que tento cultivar plantas…..escolho sempre cuidar de poucas…..mas sempre que parece que está tudo bem, acontece algo e elas morrem…..tentei várias, atualmente estou tentando terrário,porém acho que molhei demais…..tadinha, acho que é melhor deixar pra outra pessoa esse hobby ou trabalho…..Obrigado por me ajudarem a entender o que aconteceu de errado! Considero importante toda forma de vida, tem coisas que é pra gente, tem coisas que não é….Obrigado e parabéns pelas instruções,certamente ajudam muitas pessoas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s